- PUBLICIDADE -

Governo mira mercenários estrangeiros abrigados pelo Comando Vermelho

Paraguai expulsa outro líder do Comando Vermelho

Além de milhares de afiliados, o arsenal do Comando Vermelho estaria na casa dos 5 mil fuzis.

- PUBLICIDADE -

Um relatório de inteligência do governo Jair Bolsonaro diz que o Comando Vermelho abriga “mercenários da África e Europa Oriental” no Rio de Janeiro.

De acordo com matéria publicada pela revista Veja, nesta segunda-feira (24), os mercenários têm experiência militar para treinar e armar a facção criminosa.

O Comando Vermelho é a maior facção do tráfico da capital fluminense. 

A inteligência do governo federal estima que a organização criminosa já possua um exército de 30 mil faccionados com braços no Acre e no Amazonas.

“Enquanto o STF conduz a política de segurança pública no Rio, o crime vai aumentando o efetivo e se especializando. Com seus braços no Norte, ele controla a cadeia da droga no Brasil. É uma Farc em criação, que pode sair do controle do Estado”, diz uma fonte do governo à revista Veja.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -