Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Governo não destina nenhum centavo a blog ou canal digital, diz Secom

Governo não destina nenhum centavo a blog ou canal digital, diz Secom
COMPARTILHE

“O governo está prestando todos os esclarecimentos às autoridades”, diz Secom.

A Secretaria Especial de Comunicação (Secom) do Palácio do Planalto acusou, nesta sexta-feira (4), que uma reportagem publicada pelo jornal Estadão é “pura ilação, sem qualquer prova cabível e comprovação documental”. 

Com base em depoimentos à Polícia Federal (PF) obtidos através de inquérito em andamento no Supremo Tribunal Federal (STF), o jornal apontou que alguns canais no YouTube tiveram acesso privilegiado ao Palácio do Planalto, como noticiou a RenovaMídia.

Em nota à imprensa, a Secom afirma que o governo Jair Bolsonaro não contribuiu com “conteúdos antidemocráticos”, nem destina “nenhum centavo” a “blog ou canal digital”: 

“Jamais a Secom ou integrantes do Palácio do Planalto contribuíram com conteúdos antidemocráticos. Não há apoio do governo e nenhum centavo destinado a qualquer blog ou canal digital, diferente de outras gestões que patrocinaram com verbas públicas sites e blogs de esquerda.” 

O governo acrescentou: 

“Fazer co-relação com vídeos e conteúdos disponíveis publicamente na rede, em blogs de terceiros, é mero exercício de ficção, querendo impor a esse governo relação com atos antidemocráticos. 

O governo Bolsonaro foi eleito pelas urnas com o voto popular. Associar integrantes do governo à produção de conteúdo antidemocrático é no mínimo irresponsável e beligerante. Não há gabinete do ódio. Não há um centavo de dinheiro público em sites antidemocráticos.” 

E completou: 

“O governo está prestando todos os esclarecimentos às autoridades e confia que a Justiça prevalecerá. Temos convicção que todos os fatos serão esclarecidos em nome da mesma democracia que tanto nos acusam de desrespeitá-la. A verdade vencerá.” 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
4 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Rival Sensor
Rival Sensor
1 mês atrás

Todas as mídias podres, imundas e abjetas que estão contra o governo estão publicando matérias mentirosas, o governo tem que processar todas elas para que provem o que estão escrevendo, é inacreditável o que estão fazendo, mentem, inventam e deturpam, dão a entender que os blogueiros de direita recebem salários do governo, algumas mídias podres publicaram salários de até R$100mil/mês, mas a gente sabe que nada tem a ver com o governo , muito blogueiros de esquerda também faturam centenas de milhares de reais por mês, é dinheiro particular, simples comércio, mas a rede esgoto e filiadas da Foice dão a entender que é dinheiro público, tudo para jogar o povo contra.

andre
andre
1 mês atrás

Não precisam de prova alguma, se do outro lado tem um governo fraco e covarde.

Rival Sensor
Rival Sensor
Responder  andre
1 mês atrás

O que este sujeito está dizendo? É tudo mentira, querem associar os blogueiros ao governo, não tem dinheiro público envolvido, trata-se de invenção para sujar o governo, eu trabalhei de graça para eleger o presidente. sou um dos robôs que essa mídia podre e corrompida quis a todo custo fazer acreditar que existiam, mas a farsa foi descoberta, basta ver a vergonha que o PT passou na CPI da fake news, onde o depoente-bomba Hans River do Rio Nascimento, ex-funcionário da empresa Yacows, declarou que Bolsonaro não fez disparos em massa , foi o PT quem fez.

Pedro
Pedro
1 mês atrás

Desfazendo a FAKE NEWS do ESTADÃO. Mentem a vontade e não têm suas matérias tarjadas como FAKE pelas tais AGÊNCIAS DE CHECAGEM (LUPA e etc…). 

PUBLICIDADE