Português   English   Español
Português   English   Español

Governo quer ajuda para alavancar mercado de startups no Brasil

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Governo quer ajuda para alavancar mercado de startups no Brasil

Uma consulta pública na internet pede contribuições do povo para expansão deste mercado desde a última quarta-feira (22).

O governo do presidente da República, Jair Bolsonaro, quer saber o que a população acha que precisa ser feito para o mercado de startups deslanchar no Brasil.

A atual gestão quer ajuda na construção de um projeto de lei que criará o Marco Legal das Startups – uma série de regras para definir as normas e boas práticas do setor.

A iniciativa de criar as regras específicas para as startups foi recém-adotada pelo governo federal por meio de uma parceria entre o Ministério da Economia e o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), informa o Estadão.

Após meses de debates com membros da sociedade civil organizada, um texto foi elaborado e agora algumas questões serão levadas para discussão pública.

O subsecretário de Inovação da Secretaria de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Igor Nazareth, declarou:

“Existem pontos complexos que precisamos de participação popular, como é o caso de se é necessário ou não definir o que é uma startup ou se elas precisam ser enquadradas de acordo com o faturamento.”

Acesse aqui a consulta pública do Marco Legal de Startups e Empreendedorismo Inovador

Compartilhe...

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

CANAL TELEGRAM

Acompanhe todas as notícias através do nosso canal no Telegram.

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...