Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Governo quer financiar 20 mil vagas em centros de reabilitação

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Governo quer financiar 20 mil vagas em centros de reabilitação

A gestão Bolsonaro está ampliando os centros de reabilitação para lidar com os cidadãos sofrendo com a dependência química.

A abstinência é considerada a estratégia prioritária do governo do presidente Jair Bolsonaro para pessoas que têm problemas com entorpecentes.

Um decreto com a nova orientação foi publicado no mês de abril e o Senado aprovou nesta quarta-feira (15) um projeto de lei na mesma linha.

A proposta amplia a importância das comunidades, centros de reabilitação que, em sua maioria, funcionam com base em cultos de fé, terapia pelo trabalho e abstinência.

“As comunidades estavam proibidas de trabalhar, eram tratadas como novos manicômios, o que não são”, afirmou o ministro da Cidadania, Osmar Terra, segundo o UOL.

Terra vem impulsionando o credenciamento e financiamento desses centros. Atualmente, o governo federal repassa recursos para uma entre cada quatro comunidades terapêuticas no Brasil.

Até o próximo ano, o ministro quer passar de 10,9 mil para 20 mil o número de vagas financiadas.

Caso a meta seja concretizada, os cofres públicos, que hoje transferem R$ 148,9 milhões, passarão a reservar R$ 297,8 milhões para a atividade.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email