Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Governos direitistas da Hungria e Itália fortalecem relações

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

O ministro do Interior da Itália, Matteo Salvini, recebeu nesta terça-feira (28), em Milão, o premier da Hungria, Viktor Orbán, em mais um passo para tentar criar uma aliança direitista na União Europeia.

O encontro aconteceu em meio ao endurecimento das políticas migratórias italianas, capitaneado por Matteo Salvini, que proibiu navios de ONGs que operam no Mediterrâneo de levar imigrantes ilegais para os portos do país.

“Queria conhecê-lo pessoalmente. Ele é meu herói”, afirmou Viktor Orbán, que governa a Hungria desde maio de 2010 e é o principal crítico da política de fronteiras abertas imposta pela União Europeia.

A reunião, que não teve caráter oficial, durou cerca de uma hora e, segundo Salvini, foi marcada por uma “discussão longa e construtiva”.

“Estamos perto de uma reviravolta histórica para o futuro da Europa. Hoje começa um percurso de encontros”, afirmou o Ministro do Interior da Itália.

Orbán, por sua vez, incitou Salvini a “não recuar” na batalha contra a imigração ilegal. “Daremos toda a ajuda possível para a defesa das fronteiras”, ressaltou o premier húngaro.

“Bruxelas diz, assim como alemães, franceses e espanhóis, que sua política consiste em gerir a migração da melhor maneira possível. Nós, do campo oposto, dizemos que o objetivo não é gerir a migração, mas interrompê-la. Eu e Salvini somos da mesma posição”, declarou Orbán.

 

Adaptado da fonte Terra

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias