Português   English   Español

Grécia protesta contra alto fluxo migratório imposto pela UE

O povo da Grécia já está farto da desastrosa política de migração da União Européia – e as coisas agora estão ficando feias.

Uma visita do primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, à ilha de Lesbos levou milhares de pessoas para as ruas em protesto contra a política de portas abertas da União Europeia, que trouxe um elevado número de migrantes e refugiados ao país.

A polícia acabou precisando usar gás lacrimogêneo e granadas de efeito moral para conter a ira da população.

O prefeito da ilha, Spyros Galinos, ficou ao lado da população e declarou:

O povo de Lesbos está exausto. O ritmo de nossas vidas foi abalado por refugiados e migrantes que hoje somam um terço de nossa população. O medo prevalece. As mulheres têm medo de sair de casa à noite, as crianças ficam trancadas dentro de casa porque os pais têm medo de deixá-las sair e brincar. Nenhuma comunidade suportaria isso.

Um manifestante denunciou a política migratória da União Europeia:

Foi longe demais. Todos os dias, ônibus (com refugiados) chegam lotados. O (governo) tem que fazer alguma coisa e levar as pessoas para outro lugar.

 

Traduzida e adaptada de Westmonster

Deixe seu comentário

Veja também...