Grécia confirma pelo menos 50 mortos em incêndios perto de Atenas

O governo grego anunciou que pelo menos 50 pessoas morreram por causa dos incêndios que eclodiram perto da capital, Atenas, nesta segunda-feira (23).

Dois grandes incêndios florestais eclodiram em ambos os lados de Atenas, destruindo casas e forçando moradores a fugirem para o mar, onde foram evacuados por barcos da Guarda Costeira da Grécia.

Ática, a região maior que circunda Atenas, declarou estado de emergência.

Incêndio florestal em Atenas, capital da Grécia. | Foto de Nikos Agouros

A Grécia pediu ajuda à União Europeia e disse que Chipre ofereceu bombeiros para ajudá-los a combater os incêndios. O governo da Espanha ofereceu ajuda com o envio de aeronaves capazes de participar no combate as chamas.

Dimitris Tzanakopoulos, porta-voz do governo, disse que centenas de pessoas foram hospitalizadas e muitas estão em estado grave.

Moradores de Atenas fugiram para o mar para fugir das chamas. | Foto de Nikos Agouros

Adaptado de Sputnik Brasil
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia