Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Greenwald celebra avanço da CPI que mira em Moro e na Lava Jato

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Greenwald celebra avanço da CPI que mira em Moro e na Lava Jato

“Os investigadores da ‘corrupção’ agora serão oficialmente investigados, como deveriam ser”, celebrou Greenwald.

O militante norte-americano, Glenn Greenwald, editor e cofundador do site panfletário Intercept, está radiante nesta sexta-feira, 13 de setembro.

Os membros da oposição ao governo Jair Bolsonaro na Câmara dos Deputados obtiveram número suficiente de assinaturas para iniciar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) com o objetivo de investigar a Operação Lava Jato, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e o procurador da República, Deltan Dallagnol.

Após utilizar o Twitter para compartilhar um vídeo da deputada federal Jandira Feghali (PCdoB-RJ) falando sobre a CPI, Greenwald declarou:

“Os investigadores da ‘corrupção’ agora serão oficialmente investigados, como deveriam ser.”

O perfil oficial do site panfletário Intercept no Twitter também celebrou o avanço da CPI.

“Foram 175 assinaturas. todos os lideres da oposição assinaram. […] Agora só depende de uma canetada de Rodrigo Maia para começar os trabalhos”, escreveu.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email