Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Greenwald questiona interferência de Biden na Justiça da Ucrânia

COLUNA: Biden é forte candidato, mas o Partido Democrata o sabota
COMPARTILHE

“Por que o vice-presidente dos EUA ditou quem deve ser o promotor ucraniano?”, indaga Glenn.

O jornalista norte-americano Glenn Greenwald questionou, neste domingo (17), o motivo que levou o ex-vice-presidente Joe Biden, dos Estados Unidos, a pressionar o governo da Ucrânia pela demissão de um procurador.

“Por que Biden foi tão ativo na tentativa de ditar os assuntos internos da Ucrânia, a ponto de exigir a demissão do procurador-geral?”, indagou Greenwald em mensagem no Twitter.

Como noticiou a RenovaMídia, o ex-procurador ucraniano, Victor Shokin, confirmou que foi forçado a pedir demissão por Biden por causa de uma investigação contra a empresa da qual o filho do norte-americano, Hunter Biden, fazia parte.

Ainda na rede social, Glenn Greenwald acrescentou:

“Poupe-me da besteira de como Biden (e a UE) queriam que o procurador fosse demitido porque ele não estava vigilante o suficiente sobre o combate à corrupção.” 

E completou:

“Os EUA e a UE não se importam se seus regimes fantoches toleram a corrupção doméstica. Por que o vice-presidente dos EUA ditou quem deve ser o promotor ucraniano?”

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE