Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Greenwald rebate Pavão Misterioso atacando Moro

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Greenwald rebate material do Pavão Misterioso atacando Moro
COMPARTILHE

“Sergio Moro adota cada vez mais a mentalidade dos elementos mais baixos dos bolsonaristas”, disse Greenwald.

O perfil nomeado Pavão Misterioso publicou, na manhã deste sábado (6), na rede social Twitter, uma série de prints de supostas conversas envolvendo nomes relacionados ao site panfletário Intercept.

De autoria anônima, o perfil divulgou imagens contendo supostas conversas privadas trocadas no aplicativo Telegram entre o deputado David Miranda (PSOL-RJ), o editor-executivo do Intercept, Leandro Demori, e o ex-deputado Jean Wyllys. Os nomes dos deputados Marcelo Freixo (PSOL-RJ) e Paulo Pimenta (PT-RS) foram citados nos supostos diálogos.

A estratégia do líder do Intercept, o ativista norte-americano Glenn Greenwald, para rebater o conteúdo do Pavão Misterioso foi, obviamente, conectar o seu arqui-inimigo, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, com a divulgação do material.

“Enquanto isso, o Sergio Moro adota cada vez mais a mentalidade dos elementos mais baixos dos bolsonaristas”, disse Greenwald neste sábado (6).

O ativista classificou o material do Pavão como “insultante”, pedindo para “encontrar pessoas pouco mais sofisticadas para criar essas falsificações para nos atacarem”. O norte-americano disse que os prints eram “forjados”.

Ainda no Twitter, Greenwald citou um tuíte do vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), publicado na manhã da última sexta-feira (5), que traz um vídeo de um pavão se exibindo para outros animais.

“OK, agora faz sentido. Agora entendo por que esses documentos forjados são tão primitivos, ignorantes e burros”, disse ele.

Em mais um tuíte desta movimentada manhã de sábado (6), além do filho do presidente da República, Jair Bolsonaro, Greenwald também dá a entender que Moro também está envolvido com o material divulgado pelo Pavão Misterioso.

“A única tática que Moro tem agora é o total autoritarismo e usar os elementos mais baixos do movimento Bolsonaro com Fake News e sujeira primitiva: o que ele está usando. Mas dado quantos jornalistas e revistas/jornais estão trabalhando neste material, nem isso funcionará”, declarou ele.

Já o deputado David Miranda, cônjuge de Greenwald, disse que o material do Pavão Misterioso era falso e apontou imprecisões.

“A máquina de produzir FAKE News está a todo vapor! Não vão conseguir nos intimidar, não vai parar as publicações”, afirmou ele.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram