Grupo Abril protocola pedido de recuperação judicial

Idiomas:

Português   English   Español
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Com uma dívida de R$ 1,6 bilhão, o  Grupo Abril, controlado pela família Civita e dono da maior editora de revistas do país, protocolou na quarta-feira (15) pedido de recuperação judicial.

O pedido feito na Vara de Recuperação Judicial e Falências de São Paulo engloba todas as companhias operacionais do grupo, incluindo Abril Comunicações e as empresas de distribuição de publicações agrupadas dentro da Dipar Participações, e de distribuição de encomendas Tex Courier.

Em comunicado, a empresa informa que o movimento se deve à necessidade de buscar proteção judicial para repactuação de seu passivo com bancos e fornecedores.

Da dívida de R$ 1,6 bilhão do grupo, cerca de R$ 900 milhões são com os bancos Bradesco, Santander e Itaú Unibanco. A fatia de cada um deles é parecida, segundo uma fonte próxima a um credor. Segundo essa fonte, as chances de recuperação dos empréstimos feitos ao Grupo Abril são remotas.

A expectativa, porém, é que a situação da empresa não tenha impacto nos indicadores de inadimplência das instituições financeiras. Como a crise da Abril vem de longa data, os bancos já provisionaram os créditos.

 

Adaptado da fonte Valor

Newsletter RENOVA

Receba diariamente as principais notícias do Brasil e do Mundo.

Curta e compartilhe esta notícia

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário

Veja outras notícias em destaque