PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Grupo Boticário não vai mais usar o termo ‘Black Friday’

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

A decisão do Boticário tem como foco uma suposta origem racista do famoso termo “Black Friday”.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Artur Grynbaum, presidente do Grupo Boticário, anunciou, nesta terça-feira (29), o adeus da companhia ao termo “Black Friday“. 

A decisão do Boticário busca chamar a atenção do mercado sobre uma suposta origem racista do termo “Black Friday” e pensar em novas possibilidades.

Em publicação no LinkedIn, Grynbaum explicou que o período de descontos continuará existindo em 2020, mas com um novo nome para a ocasião: “Beauty Week”. 

Segundo a revista Exame, Grynbaum espera contar com o apoio de outros executivos do Brasil:

“Convido aqui minhas e meus colegas, lideranças empresariais em todo o país para se juntarem a nós e repensarem suas Black Fridays, batizando-as com outros nomes, que façam sentido para cada empresa e setor.” 

E acrescentou:

“Afinal, não estamos falando ‘só’ de uma mudança no termo: está em pauta aqui o caminho para alcançarmos o sucesso responsável e dar mais uma contribuição para uma nova perspectiva de raça na sociedade, com senso de urgência e coragem.”

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.