Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Grupo de Lima pode ser ampliado para conter Nicolás Maduro

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Grupo de Lima pode ser ampliado para conter Nicolás Maduro

Após ter cortado relações diplomáticas com a Venezuela, o Paraguai está em discussões com o Brasil para ampliar o Grupo de Lima.

O fórum é composto atualmente por 14 nações e tem servido como principal instrumento de pressão contra a ditadura de Nicolás Maduro.

O Grupo de Lima também vê o Brasil como “ponte” para convencer China e Rússia, hoje alicerces internacionais para a sobrevivência política de Maduro, a mudar de posição, informa “O Globo“.

“É uma facilidade que tem o Brasil como membro dos Brics”, disse o chanceler paraguaio, Luis Castiglioni, à margem do Fórum Econômico Mundial, em Davos.

Para o ministro do Paraguai, é necessário mostrar aos chineses e aos russos como o regime da Venezuela é “pernicioso”.

Pequim, sobretudo, vem fazendo empréstimos bilionários a Caracas em troca de compromissos de fornecimento de petróleo no longo prazo.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email