Português   English   Español
Português   English   Español

Grupo de Lima proíbe entrada de integrantes da ditadura Maduro

Grupo de Lima proíbe entrada de integrantes da ditadura Maduro
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

As nações que formam o Grupo de Lima optaram por não permitir o ingresso em seus territórios de pessoas ligadas à ditadura liderada pelo chavista Nicolás Maduro.

O Grupo de Lima é formado pelos governos de Brasil, Argentina, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Guatemala, Guiana, Honduras, México, Panamá, Paraguai, Peru e Santa Lúcia.

Na última sexta-feira, todas estas nações, com exceção do México, decidiram não reconhecer a ditadura de Nicolás Maduro, que toma posse para seu terceiro mandato como “presidente” na quinta-feira.

Em entrevista coletiva nesta terça-feira (8), o ministro de Relações Exteriores da Colômbia, Carlos Holmes Trujillo, declarou:

Os governos que assinaram a declaração acertaram fazer uma avaliação constante do estado ou nível das relações diplomáticas com a Venezuela e impedir funcionários do alto escalão do regime venezuelano a entrar nos territórios dos países do Grupo de Lima.

Uma medida semelhante havia sido anunciada na segunda-feira (7) pelo governo do Peru. O chanceler peruano Néstor Popolizio informou a proibição da entrada de integrantes do regime da Venezuela e seus familiares no país.

Segundo o chanceler da Colômbia, outras medidas serão tomadas contra a Venezuela nos próximos dias.

Uma delas é a elaboração de listas de pessoas físicas e jurídicas com as quais as instituições financeiras de cada país do bloco não poderão ter relações, registra a agência “EFE“.

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...

Curta a RENOVA!