Grupo iraniano oferece recompensa por ataque contra embaixada dos EUA

Uma organização iraniana de linha dura está oferecendo uma recompensa de 100 mil dólares para quem bombardear a recém-inaugurada embaixada dos EUA em Jerusalém, de acordo com uma tradução de relatórios em língua farsi.

A notícia da ameaça de bomba foi relatada pela primeira vez no University Student News Network, um site regional iraniano em farsi que agrega notícias relevantes.

Um grupo conhecido como ‘Movimento Estudantil Iraniano em Busca da Justiça’ divulgou cartazes pedindo um ataque à embaixada dos Estados Unidos em Jerusalém.

“O Movimento apoiará qualquer um que destrua a embaixada americana ilegal em Jerusalém”, diz o cartaz, de acordo com uma tradução independente obtida no jornal Free Beacon.

“Haverá um prêmio de US $ 100.000 para a pessoa que destruir a embaixada americana ilegal em Jerusalém”, afirma o autor.

O pedido de hostilidade contra a embaixada norte-americana é apenas mais um. Nos últimos meses, temos presenciado uma recente escalada de ameaças contra Israel e Estados Unidos, após Donald Trump cumprir sua promessa de campanha de transferir a embaixada de Tel Aviv para a capital israelense.

Enquanto isso, as últimas informações colocam em 52 o número de mortos nos protestos convocados pelo grupo terrorista Hamas na faixa de Gaza. Uma possível escalada da violência na região pode ser extremamente sangrenta.

 

Adaptada e traduzida de Free Beacon

 

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia