Português   English   Español

Eslováquia, Hungria, Polônia e República Checa investem milhões para proteção das fronteiras da UE

Os quatro países da Europa Central reservaram 35 milhões de euros para ajudar as nações da União Europeia na proteção das fronteiras contra a imigração ilegal.

Em anúncio recente, os quatro países que compõem o grupo Visegrad informaram sobre o fundo milionário para tentar conter os problemas migratórios do continente europeu.

O primeiro-ministro da Eslováquia, Robert Fico, comentou a decisão dizendo:

Se queremos ver bons projetos no futuro – projetos que são efetivos – estamos prontos a investir ainda mais dinheiro, porque realmente queremos mostrar solidariedade.

Apesar da iniciativa, todos os quatro países do grupo Visegrad continuam recusando a política de cota migratória imposta pela União Europeia.

Robert Fico observou:

As cotas não funcionam, são ineficazes, a decisão sobre cotas realmente dividiu a União Européia.

 

Com informações de: (1)

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter