Guaidó alerta que Maduro planeja fechar Parlamento da Venezuela

Idiomas:

Português   English   Español
Guaidó alerta que Maduro planeja fechar Parlamento da Venezuela
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Tropas da Guarda Nacional, policiais e agentes da inteligência cercaram nesta terça o Parlamento sob alegação de uma ameaça de bomba.


O presidente interino Juan Guaidó denunciou nesta terça-feira (14) que o ditador Nicolás Maduro pretende fechar o Parlamento da Venezuela.

Reconhecido como líder legítimo venezuelano por mais de 50 países, Guaidó denunciou:

“Estão tratando de fechar o Parlamento Nacional, única instância legítima reconhecida pelo mundo.”

Tropas da Guarda Nacional – encarregada da segurança do Palácio Legislativo -, policiais e agentes da inteligência (SEBIN) cercaram nesta terça o prédio, alegando uma ameaça de bomba.

Siga a RENOVA no TWITTER e acompanhe todas as notícias em tempo real.

Horas mais tarde, o presidente da Assembleia Constituinte, Diosdado Cabello, garantiu que após uma “ameaça de bomba” as autoridades não encontraram rastros de explosivos.

“É algo recorrente, não é a primeira vez que isso acontece”, disse a deputada Manuela Bolívar, observando que se trata de “uma política para enfraquecer a Assembleia”.

No dia 5 de janeiro, quando a legislatura começou, a Guarda Nacional também reportou explosivos no edifício.

“Seja em uma praça, nos anexos, debaixo de uma ponte, a Assembleia continuará a realizar sessões e hoje haverá uma sessão”, declarou à imprensa o congressista Luis Stefanelli, informa a AFP.

Newsletter RENOVA

Receba gratuitamente as principais notícias do Brasil e do Mundo por email.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...