Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Guaidó denuncia manipulação de dados do coronavírus na Venezuela

Protestos convocados por Guaidó não mobilizam a população
COMPARTILHE

De acordo com a OMS, a Venezuela já registrou 325 casos confirmados e 10 mortes por Covid-19.

Juan Guaidó, presidente interino da Venezuela, reforçou, nesta terça-feira (28), que os números divulgados pela ditadura de Nicolás Maduro sobre os casos de coronavírus no país não são confiáveis. 

Em entrevista à rádio Jovem Pan, Guaidó declarou:

“Lamentavelmente, há uma opacidade no manejo desses números, não são confiáveis. Há jornalistas que são detidos ou sequestrados por simplesmente informar ou comunicar casos existentes de coronavírus. A Venezuela atingiu sua capacidade máxima (na saúde) e fica difícil desenhar um cenário real.”

O líder parlamentar da oposição a Maduro afirmou travar uma “luta constante contra a ditadura”:

“Não há um momento certo para fazer o correto e o justo. A minha luta na Venezuela não é por um cargo, a minha luta é para recuperar os direitos humanos que a ditadura sequestrou em 2018 e a recuperação de serviços básicos. Somos um país com uma das maiores reservas de petróleo do mundo e que não há sequer gasolina para o transporte de alimentos básicos.”

Guaidó completou:

“É uma luta constante contra a ditadura e as perseguições, contra o risco de vida que se instalou na vida dos venezuelanos. Ainda falta uma transição para uma verdadeira democracia.”

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE