PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Guaidó diz que ditadura Maduro tentou assassiná-lo

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

“A ditadura covarde tentou me assassinar”, diz o presidente interino da Venezuela.

Juan Guaidó, presidente interino da Venezuela, acusou, neste domingo (1º), a ditadura de Nicolás Maduro de tentar assassiná-lo.

O incidente teria ocorrido no último sábado (29) durante um comício da oposição venezuelana na cidade de Barquisimeto, no noroeste do país.

Algumas fotos do acidente foram fornecidas à mídia, pela equipe de Guaidó, exibem um homem não identificado apontando uma arma para um grupo de ativistas e políticos da oposição, incluindo Guaidó.

De acordo com o líder opositor venezuelano, motoqueiros chegaram a atirar em sua comitiva. Em seguida, a multidão foi dispersada.

“Ver a ditadura apontando para mim e para o nosso povo não me assusta nem nos assusta”, disse Guaidó em mensagem no Twitter.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.