Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Guaidó diz que tio foi sequestrado pela ditadura Maduro

Guaidó diz que tio foi sequestrado pela ditadura Maduro
COMPARTILHE

A equipe de Guaidó denunciou que Márquez foi interceptado pelas autoridades alfandegárias do regime chavista. 

Juan José Márquez, tio do presidente interino Juan Guaidó, desapareceu, na terça-feira (11), pouco depois de desembarcar em Caracas, capital da Venezuela, ao lado do sobrinho.

Em mensagem no Twitter, o Centro Nacional de Comunicação (CNC) de Guaidó informou:

“Denunciamos o desaparecimento de Juan José Márquez, tio do presidente Juan Guaidó, que o acompanhava no avião no momento da chegada à Venezuela.”

Guaidó também colocou a responsabilidade pela “integridade física” do tio na conta do ditador Nicolás Maduro e do diretor de segurança do Aeroporto Internacional Maiquetía, Franco Quintero.

Segundo a agência EFE, o CNC acrescentou:

“Depois da passar pela imigração normalmente, e estando e prestes a partir, Márquez foi contratado para uma suposta revisão do Seniat (Serviço Nacional Integrado de Administração Aduaneira e Tributária).”

E completou:

“Aproveitando o caos no aeroporto causado pela violência da ditadura, eles seguraram o senhor Márquez.”

Depois de passar pelos controles de imigração, Guaidó foi agredido por apoiadores de Maduro no saguão do aeroporto de Maiquetía, como noticiou a RENOVA.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários