Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Guaidó não descarta anistia a Maduro para superar crise na Venezuela

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Guaidó não descarta anistia a Maduro para superar crise na Venezuela

Juan Guaidó se autoproclamou presidente interino da Venezuela diante de milhares de manifestantes nesta quarta-feira (23).

Em entrevista à emissora de TV americana “Univision”, nesta quinta-feira (24), o presidente em exercício Juan Guaidó disse que não descarta uma futura anistia para o ditador Nicolás Maduro.

Ele também afirmou abraçar “todos” os setores, incluindo o militar, para superar o colapso do país latino-americano.

Guaidó, que também lidera a Assembleia Nacional, declarou:

“Coisas semelhantes aconteceram em períodos de transição: aconteceu no Chile, aconteceu na Venezuela em 58. Não podemos descartar nenhum elemento, mas temos que ser muito firmes em relação ao futuro.”

E, segundo a agência “EFE“, acrescentou:

“Dado o momento será avaliado. Esta anistia está na mesa, essas garantias para todos aqueles que estão dispostos a ficar do lado da Constituição para recuperar a ordem constitucional.”

Durante a entrevista, Juan Guaidó também descartou que a decisão de assumir o exercício da Presidência na Venezuela foi um golpe de Estado, como vem sendo retratado pelas Forças Armadas do País.

Guaidó afirmou:

“O que fizemos ontem foi abraçar a Constituição, assumir os poderes que ela nos dá precisamente para a cessação da usurpação que a Venezuela está passando para abraçar todos os setores, inclusive o militar, e ter uma eleição livre para poder definitivamente avançar rapidamente e superar esta crise.”

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email