Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Guaidó pede manifestação pacífica na frente de base militares

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Guaidó pede manifestação pacífica na frente de base militares

“Continuar nas ruas é a única maneira de manter a atenção, pressão e ação da comunidade internacional”, afirmou Guaidó.

O presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, convocou manifestações pacíficas no próximo sábado (4) na frente de bases militares do país, de modo a pedir ao Exército que deixe de apoiar o ditador Nicolás Maduro.

Em sua conta no Twitter, Guaidó escreveu: “Sábado, dia 4: mobilização pacífica nacional nas principais unidades militares para que se juntem à Constituição”.

“Convoco todos os setores do país a pronunciar-se e a exigir o fim da usurpação, a ação constitucional das Forças Armadas, a sua participação na Operação Liberdade e a organizar e realizar um dia de greve ou protesto setorial durante a próxima semana”, acrescentou.

“Continuar nas ruas é a única maneira de manter a atenção, pressão e ação da comunidade internacional, impulsionar a ação constitucional das Forças Armadas e demonstrar a quem ainda apoia o ditador que não haverá estabilidade enquanto a usurpação continuar”, acrescentou.

Guaidó destacou, no entanto, a importância de que essas manifestações sejam pacíficas.

“Peço a todos que mantenham o caráter massivo e pacífico dos protestos e que não coloquem a vida em risco”, completou Guaidó, segundo a agência EBC.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email