Guaidó rejeita antecipação de eleições proposta por Maduro

Guaidó rejeita antecipação de eleições proposta por Maduro
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Guaidó preside a Assembleia Nacional – justamente o Parlamento para o qual Maduro pretende adiantar as eleições.

O presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, criticou nesta terça-feira (21) a proposta feita pelo ditador Nicolás Maduro de antecipar as eleições para a Assembleia Nacional como forma de resolver a crise política no país.

Guaidó foi incisivo:

“É muito cínico insinuar que ele está disposto a se submeter a uma eleição quando ele roubou em 2018. Dissociação, loucura.”

A Assembleia Nacional é o único órgão oficial da Venezuela que não está sob controle do regime de Maduro.

Como os parlamentares declararam o chavista “usurpador” do cargo e não reconheceram a posse de janeiro de 2019, o presidente do Parlamento – portanto Guaidó – reivindicou a Presidência.

Maduro, porém, reitera o desejo de antecipar as eleições legislativas, como noticiou a RENOVA.

Compartilhe...

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...