Português   English   Español
Português   English   Español

Guedes alerta que Previdência está financeiramente condenada

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Guedes alerta que Previdência está financeiramente condenada

Guedes afirmou nesta quarta-feira (3) que o governo gastou no ano passado dez vezes mais com a Previdência Social.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, presta esclarecimentos aos deputados nesta quarta-feira (3) de audiência pública na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara.

Guedes declarou:

“Gastamos R$ 700 bilhões ano passado com a Previdência, nosso passado, e R$ 70 bilhões com educação, nosso futuro. Gastamos dez vezes mais com a Previdência do que com nosso futuro.”

O ministro usou várias vezes o termo “perverso” para se referir ao sistema de previdência do Brasil:

“Financiar a aposentaria do idoso desempregando trabalhadores é, na minha opinião, uma forma perversa de financiar o sistema. É, do ponto de vista social, uma condenação.”

E, segundo o G1, acrescentou:

“É um sistema perverso, 40 milhões de brasileiros estão excluídos do mercado formal, não conseguem ter capital, porque foram expulsos, excluídos do mercado formal, pela forma perversa com que o sistema é financiado. Isso é socialmente perverso.”

Guedes reiterou que, seja qual for o governo ou partido no poder, o sistema atual está fadado ao fracasso:

“Está financeiramente condenado antes de a população envelhecer. Não interessa quem estiver no poder, seja o governo que for.”

Compartilhe...

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Veja também_

TELEGRAM

Acompanhe todas as notícias através do nosso canal no Telegram.

Newsletter

Inscreva seu email na RENOVA para receber atualizações diárias com as últimas notícias do Brasil e do mundo.

Nome:

Email:

Fique tranquilo(a), assim como você também odiamos spam, você poderá sair quando quiser :)

Comentários_

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Nunca mais seja massa de manobra. Assine!