Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Guedes culpa ‘barulheira’ da imprensa por fim do Renda Brasil

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Paulo Guedes quer 'simplificação brutal de impostos'
COMPARTILHE

O ministro da Economia, Paulo Guedes, culpou a “barulheira” da imprensa pela decisão do presidente da República, Jair Bolsonaro, de acabar, nesta terça-feira (14), com o “Renda Brasil“.

Guedes disse que as mudanças em debate eram importantes e poderiam ser históricas, envolvendo a desvinculação, desindexação e desobrigação do Orçamento.

Em participação online no Painel Telebrasil 2020, segundo o portal Terra, Guedes declarou:

“Acabou porque estão distorcendo tudo, estão acusando presidente de demagogia, de estar querendo tirar dinheiro do pobre para dar para o mais pobre ainda, quando na verdade essa consolidação de programas já aconteceu no passado.”

“Nunca foi intenção tirar dinheiro dos idosos e dos vulneráveis”, acrescentou Guedes, em um outro momento.

O ministro ainda criticou a “barulheira toda” desta manhã após manchetes de jornais terem feito “conexões de pontos que não estão necessariamente conectados”.

Mais cedo, como noticiou a RenovaMídia, em mensagem no Twitter, o presidente Bolsonaro demonstrou insatisfação com as reportagens da imprensa sobre possíveis congelamentos de aposentadorias e pensões para implementação da Renda Brasil.

“E a última coisa, para encerrar: até 2022, no meu governo, está proibido falar a palavra Renda Brasil. Vamos continuar com o Bolsa Família e ponto final”, escreveu o chefe do Executivo.

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.