Português   English   Español
Português   English   Español

Guedes diz que governo vai liberar o ‘choque de energia barata’

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Guedes diz que governo vai liberar o ‘choque de energia barata’

Guedes participou nesta terça-feira (16) da cerimônia de posse, no Palácio do Planalto, do novo presidente do BNDES.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que em duas semanas o governo do presidente Jair Bolsonaro pretende “liberar o choque de energia barata, o choque do gás”.

Durante evento no Palácio do Planalto, em Brasília, nesta terça-feira (16), Guedes brincou dizendo que o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, “está sentado em cima de um Oriente Médio de reservas de petróleo”.

Guedes afirmou ainda que o governo conseguiu acelerar o processo da cessão onerosa e que há interesse de todo mundo no leilão de áreas programado para 6 de novembro, informa a revista ISTOÉ.

Em 8 de julho, a Petrobras assinou acordo com o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) para deixar totalmente o mercado de distribuição e transporte de gás natural até 2021.

O compromisso abre caminho para que a empresa e o governo atinjam o objetivo de acabar com o monopólio da estatal no mercado. A meta é reduzir o preço do gás e promover o “choque de energia barata” citado por Guedes.

Compartilhe...

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Veja também_

TELEGRAM

Acompanhe todas as notícias através do nosso canal no Telegram.

Newsletter

Inscreva seu email na RENOVA para receber atualizações diárias com as últimas notícias do Brasil e do mundo.

Nome:

Email:

Fique tranquilo(a), assim como você também odiamos spam, você poderá sair quando quiser :)

Comentários_

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Nunca mais seja massa de manobra. Assine!