- PUBLICIDADE -

Guedes fala em ‘debandada’ após secretários anunciarem demissão

Paulo Guedes critica altos salários de servidores

Guedes disse que a reação do governo à "debandada" será "avançar com as reformas".

- PUBLICIDADE -

O secretário especial de Desestatização, Salim Mattar, e o secretário de Desburocratização, Gestão e Governo Digital, Paulo Uebel, pediram demissão nesta terça-feira (11).

A informação foi confirmada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes.

Em entrevista após uma reunião com o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM), Guedes foi enfático:

“Se me perguntarem se houve uma debandada hoje, houve.”

O ministro disse que a reação do governo à “debandada” será “avançar com as reformas”, destaca o portal G1.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -