Português   English   Español

Guedes quer desestatizar mercado de crédito no Brasil

Guedes quer desestatizar mercado de crédito no Brasil
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

O ministro disse que o dinheiro do BNDES “tem que ser baixo para todo mundo e não para alguns brasileiros”.


O ministro da Economia, Paulo Guedes, reiterou, nesta terça-feira (16), a meta do governo federal de acelerar privatizações e de “despedalar” bancos públicos, com desestatização do mercado de crédito no Brasil.

Guedes afirmou que os juros no crédito livre são “altíssimos”, com o crédito concentrado em “quatro, cinco” bancos e recolhimento dos depósitos compulsórios “muito alto”.

De acordo com o ministro, essa série de “imperfeições” joga os juros “na Lua”, informa a agência Reuters.

As declarações de Guedes foram feitas durante participação da cerimônia de posse, no Palácio do Planalto, do novo presidente do BNDES, Gustavo Montezano.

Ao tratar da atuação do BNDES na área de crédito, o ministro disse que o dinheiro “tem que ser baixo para todo mundo e não para alguns brasileiros”.

Durante sua fala, ele lembrou que, durante anos, o BNDES ofertou juros mais baixos a segmentos específicos da economia, em detrimento do restante da população.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on reddit
Share on linkedin
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...