Guedes reafirma intenção de reduzir impostos de empresas

Idiomas:

Português   English   Español
Guedes reafirma intenção de reduzir impostos de empresas
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Em audiência pública na CAE do Senado, Guedes declarou que a medida aumentaria a competitividade do Brasil no exterior sem piorar a distribuição de renda.


A equipe econômica estuda a redução de tributos sobre empresas, em troca da cobrança de Imposto de Renda sobre dividendos.

A afirmação foi feita nesta quarta-feira (27) pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, durante audiência pública na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado.

O ministro declarou que a medida aumentaria a competitividade do Brasil no exterior sem piorar a distribuição de renda.

Durante a conversa com parlamentares, Guedes afirmou:

“Se o mundo todo começa a reduzir impostos sobre empresas, como você consegue reduzir sem piorar a distribuição de renda? Se pode abrir uma empresa a 20% de imposto lá, e aqui a 34%, quem sabe podemos reduzir a 20% aqui, mas pega imposto sobre dividendo e sobe? Tem que fazer uma compensação. Estamos dizendo o seguinte: vamos baixar de empresas, mas aumentar em dividendo. Isso que está sendo estudado.”

Atualmente, segundo o site InfoMoney, as empresas do Brasil que lucram mais de R$ 20 mil por mês pagam 25% de Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ) e 9% Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL), totalizando 34%.

Em compensação, desde 1995, o Brasil não cobra Imposto de Renda sobre dividendos (parcela do lucro distribuída aos acionistas de uma empresa), na contramão da prática internacional.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...