Guerrilha comunista ELN sequestra três militares da Colômbia

O Exército de Libertação Nacional (ELN) sequestrou três soldados no leste da Colômbia quando os agentes se deslocavam de táxi, informaram nesta quinta-feira (9) as autoridades.

“Os fatos que estão sendo investigados são os sequestros dos soldados regulares Orlando Yair Vega Díaz, Juan Pablo Rojas Ovando e Eduardo Caro Bañol”, indicou o Exército da Colômbia em comunicado.

Os soldados, explicou o Exército, “estavam de folga, usando peças de roupas de civis e sem armamento. Além disso, transitavam em um veículo de transporte público para o município de Tame, no departamento de Arauca”.

O sequestro ocorreu ontem na aldeia Agua Viva, região rural do município de Fortul, quando foram interceptados e obrigados a descer do veículo por dois guerrilheiros que estavam em uma motocicleta e portavam armas de fogo.

Os responsáveis do fato aparentemente são integrantes da Frente Domingo Laín Sáenz do ELN, por isso que as autoridades regionais já ativaram os protocolos de busca para conseguir a libertação dos três soldados.

 

Com informações da EFE
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia