Guerrilha marxista das Farc queima helicóptero na Colômbia

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Guerrilheiros dissidentes das Farc incineraram um helicóptero em terra que dava apoio aos trabalhos em Hidroituango, a maior represa em construção na Colômbia, informou o exército neste sábado.

O MI-17 estava a serviço de uma empresa privada e foi queimado na noite de sexta (23) em uma zona do município de Toledo.

O helicóptero estava sendo utilizado nas tarefas de construção das torres de energia do projeto Hidroituango e também dava apoio a ajuda humanitária de emergência, segundo o general Juan Carlos Ramírez, chefe militar da Quarta Brigada.

O ataque foi atribuído aos rebeldes da Frente 36 das FARC, que renegam o processo de paz.

Há mais de um mês as autoridades estão trabalhando com os problemas da represa, que enfrenta risco de colapso por uma série de falhas geológica e de engenharia.

A situação representa uma ameaça para 130.00 habitantes.

 

Com informações de Estado de Minas

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.