- PUBLICIDADE -

Guerrilhas armadas da Colômbia ganham território na Venezuela

FARC e ELN: mais dois grupos terroristas em ação na Venezuela
- PUBLICIDADE -

População civil do estado venezuelano de Apure sofre com a expansão das guerrilhas.

O conflito armado entre guerrilhas armadas da Colômbia e as forças militares da Venezuela transformou o estado venezuelano de Apure em um “cenário de guerra“.

A informação foi divulgada em um relatório da ONG Fundaredes, que monitora violações aos direitos humanos no Estado, que está localizado na fronteira entre os dois países.

Nos últimos anos, as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e o Exército de Libertação Nacional (ELN) vêm expandindo cada vez mais seu território de atuação.

Para se ter ideia da instabilidade na região, o almirante Craig Faller, do Comando Sul dos Estados Unidos, disse que está monitorando a situação na Venezuela com atenção:

“O que está acontecendo dentro da Venezuela é essencialmente um Estado sem lei, com o ELN e as Farc ganhando território e trabalhando diretamente com o regime de Nicolás Maduro para o seu próprio ganho e o sofrimento do seu povo.”

Os criminosos têm feito de Apure um território estratégico que serve de ponte aérea para transporte de drogas.

Não é à toa que a construção de pistas clandestinas está acontecendo com cada vez mais frequência, enquanto a associação com cartéis do tráfico internacional irriga as guerrilhas com o dinheiro do crime.

De acordo com o relatório da ONG, o conflito armado segue deixando graves consequências para a população civil de Apure, que tem sido vítima de “ações militares violentas de alta intensidade”, além de violações como “execuções extrajudiciais, detenções arbitrárias, desaparecimentos forçados, batidas ilegais, ameaças, assédio e destruição de moradias perpetradas pela FANB e pelas Forças de Ação Especial (FAES)”.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -