Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Guerrilheiros comunistas do ELN sequestram 6 pessoas na Colômbia

Tarciso Morais

Tarciso Morais

COMPARTILHE

Guerrilheiros comunistas do Exército de Libertação Nacional (ELN) sequestraram quatro militares das Forças Armadas da Colômbia e dois civis no noroeste do país.

O sequestro ocorre um dia depois de a guerrilha e o governo da Colômbia concluírem um ciclo de negociação em Cuba sem firmar um cessar-fogo bilateral, informou o Exército nesta sexta-feira (3).

O governo do presidente Iván Duque, que assumirá na próxima terça-feira, anunciou que endurecerá com o ELN, as dissidências das Farc e os grupos criminosos como parte de sua estratégia para recuperar a segurança e combater o narcotráfico.

O sequestro das seis pessoas ocorreu na quinta-feira (2), quando três policiais, um soldado e dois civis se deslocavam em uma lancha por um rio do departamento de selva de Chocó e foram retidos por homens armados que vestiam uniformes camuflados.

“Com esta ação criminal, o ELN demonstra uma vez mais o desrespeito permanente que comete contra os direitos humanos e as normas que regulam o Direito Internacional Humanitário”, disseram em um comunicado o Exército e a Polícia Nacional.

Não foi possível obter nenhum comentário do ELN através das redes sociais que costuma utilizar.

 

Adaptado da fonte Reuters
- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram