Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Guerrilheiros do ELN matam militares da Colômbia

Guerrilheiros do ELN matam militares da Colômbia
COMPARTILHE

A autoria do ataque foi atribuída pelas autoridades colombianas a guerrilheiros comunistas do ELN.

Dois militares da Colômbia foram mortos e três ficaram feridos em um ataque com explosivos no município colombiano de Tibú, fronteira com a Venezuela, no último sábado (28).

De acordo com o Exército colombiano, a ação, cometida com “um dispositivo explosivo improvisado” que foi arremessado contra o veículo dos militares, ocorreu de madrugada e foi realizada pela guerrilha comunista Exército de Libertação Nacional (ELN).

Com milhares de hectares de narcocultura, o norte de Santander é uma região disputada por diferentes grupos armados, como os rebeldes do ELN, dissidentes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e gangues de traficantes de origem paramilitar, informa a agência AFP.

Em julho, o presidente da Colômbia, Iván Duque, afirmou que a guerrilha ELN recruta menores de idade na Venezuela com a anuência do ditador Nicolás Maduro.

“Em território venezuelano, Nicolás Maduro, o ditador da Venezuela, está protegendo [o ELN]. Está dando dinheiro e está patrocinando o recrutamento de crianças para exercer mineração ilegal em lugares do território venezuelano”, disse Duque.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários