Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

‘Há consciência insuficiente no mundo sobre a cristofobia’, diz Araújo

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Araújo diz que vitória da direita na UE pode favorecer Brasil
COMPARTILHE

"É um conceito que já existe, o presidente não é o primeiro a usar”, diz Araújo sobre cristofobia.

O chanceler do Brasil, Ernesto Araújo, comentou, nesta terça-feira (22), sobre a importância do combate à cristofobia mundo afora.

Durante a Assembleia-Geral das Nações Unidas (ONU), Bolsonaro fez um apelo para que a comunidade internacional defenda a liberdade religiosa — e especificamente combata a discriminação contra cristãos:

Em entrevista à emissora CNN Brasil, Araújo comentou a fala de Bolsonaro:

“É um conceito que já existe, o presidente não é o primeiro a usar. Acho que há uma consciência insuficiente ao redor do mundo sobre a cristofobia. Inclusive em países que já foram de maioria cristã, e onde às vezes a fé cristã é denegrida, atacada, quando outras fés não o são.”

Araújo chamou o discurso de Bolsonaro na ONU de “relevante, inovador e corajoso” e negou que a fala do presidente tenha excluído outras religiões:

“No nosso caso, país majoritariamente cristão, 90% cristão, que tem no cristianismo parte de sua essência e identidade, nos sentimos na responsabilidade de chamar atenção especialmente para isso.”

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram