Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Hacker Vermelho simulou conversas que nunca existiram

Hacker Vermelho simulou conversas que nunca existiram
COMPARTILHE

Há indícios de que os cibercriminosos presos na Operação Spoofing falsificaram algumas das supostas mensagens hackeadas.

A Polícia Federal (PF) confirmou que parte das mensagens de centenas de autoridades do Brasil hackeadas pelo cibercriminoso Walter Delgatti Neto eram falsas. 

A perícia foi feita nas conversas em que o hacker, conhecido como “Vermelho”, teria enviado à ex-deputada Manuela D’Ávila, do Partido Comunista do Brasil (PCdoB).

De acordo com as autoridades, segundo O Antagonista, Delgatti invadiu contas inativas do aplicativo de mensagens Telegram de algumas das pessoas hackeadas e forjou diálogos entre as vítimas. 

A PF afirmou que isto aconteceu, por exemplo, em supostas conversas de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e dos irmãos Carlos e Eduardo, filhos do presidente da República, Jair Bolsonaro.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários