Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Hackers do Irã atacaram campanha de reeleição de Trump

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Hackers do Irã atacaram campanha de reeleição de Trump
COMPARTILHE

Para o pleito de 2020, 19 democratas lutam pela indicação de seu partido para disputar à presidência da principal potência do mundo com Trump.

Um grupo de hackers do regime islâmico do Irã atacou computadores utilizados pela campanha à reeleição do presidente norte-americano Donald Trump.

A revelação ocorreu pouco tempo após a empresa de tecnologia Microsoft identificar uma movimentação significativa dos criminosos contra “uma eleição presidencial” dos Estados Unidos, sem explicar detalhes.

A informação sobre o ataque foi confirmada por duas fontes da campanha do atual chefe da Casa Branca, segundo a revista Veja.

De acordo com a gigante tecnológica, que não citou nomes, os ataques cibernéticos também atingiram funcionários do governo e jornalistas americanos que cobrem política internacional.

Em um período de 30 dias entre agosto e setembro, o grupo, chamado “Phosphorous” pela empresa, realizou mais de 2.700 tentativas de identificar contas de e-mail, sendo que 241 foram invadidas, informa a agência ANSA.

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.