Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Hackers do Irã atacaram campanha de reeleição de Trump

Hackers do Irã atacaram campanha de reeleição de Trump
COMPARTILHE

Para o pleito de 2020, 19 democratas lutam pela indicação de seu partido para disputar à presidência da principal potência do mundo com Trump.

Um grupo de hackers do regime islâmico do Irã atacou computadores utilizados pela campanha à reeleição do presidente norte-americano Donald Trump.

A revelação ocorreu pouco tempo após a empresa de tecnologia Microsoft identificar uma movimentação significativa dos criminosos contra “uma eleição presidencial” dos Estados Unidos, sem explicar detalhes.

A informação sobre o ataque foi confirmada por duas fontes da campanha do atual chefe da Casa Branca, segundo a revista Veja.

De acordo com a gigante tecnológica, que não citou nomes, os ataques cibernéticos também atingiram funcionários do governo e jornalistas americanos que cobrem política internacional.

Em um período de 30 dias entre agosto e setembro, o grupo, chamado “Phosphorous” pela empresa, realizou mais de 2.700 tentativas de identificar contas de e-mail, sendo que 241 foram invadidas, informa a agência ANSA.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários