Hackers inundam canais oficiais de comunicação do Estado Islâmico com pornografia

Idiomas:

Português   English   Español
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Membros do grupo hacker iraquiano, Daeshgram, disseram que o objetivo é espalhar desmoralizar as agências de propaganda do ISIS e espalhar confusão entre os jihadistas.


Um membro do Deashgram disse ao jornal Newsweek:

Nossa intenção é inundar a internet com conteúdo falso da Amaq – agência de propaganda oficial do ISIS – para danificar a credibilidade da mídia.

Nos últimos dias, os hackers colocaram a foto de uma mulher nua em anúncio sobre a nova agência de propaganda terrorista que estava sendo aberta em uma das últimas regiões da Síria ainda sob controle do Estado Islâmico.

A imagem gerou grande conflito interno pois fez parecer que os líderes do grupo estavam vendo imagens pornográficas. O Estado Islâmico respondeu ao ocorrido dizendo aos jihadistas para não confiaram em nenhum dos links da Amaq – o que já é uma grande vitória para os hackers iraquianos.

Importante lembrar que qualquer pornografia é considerada impura e expressamente proibida nas regiões controladas pelos extremistas islâmicos.

Com informações de: (1)

Newsletter RENOVA

Receba gratuitamente as principais notícias do Brasil e do Mundo por email.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

Veja também...