Português   English   Español

Haddad diz que Moro condenou Lula sem provas

O presidenciável Fernando Haddad (PT) disse nesta quarta-feira (17) acreditar que Moro errou na sentença do ex-presidente Lula.

A declaração de Haddad foi feita na noite desta quarta-feira (17) em entrevista ao vivo ao SBT.

Questionado pelo jornalista Carlos Nascimento se, na opinião do candidato do PT, Moro ajudou o Brasil com a Lava Jato ou perseguiu o PT e Lula, o ex-prefeito de São Paulo afirmou: “acho que, em geral, ele ajudou”.

O juiz federal Sergio Moro é o responsável em primeira instância pelos processos da Operação Lava Jato.

Fernando Haddad (PT) declarou:

Em relação à sentença do Lula, tem um erro que vai ser corrigido pelos tribunais superiores, porque ele não apresentou provas contra o presidente.

O candidato ainda disse que, na sua avaliação, Moro fez um “bom trabalho”, apesar de ter soltado “muito precocemente” empresários e “liberado dinheiro roubado para esses empresários usufruírem a vida”.

“Então, no geral, acho que o saldo é positivo, mas há reparos a fazer”, concluiu, sem nominar quem seriam os empresários.

Lula foi condenado por Moro a 9 anos e meio de prisão no caso do tríplex de Guarujá (SP). O TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) confirmou a condenação por corrupção passiva e lavagem de dinheiro e ampliou a pena para 12 anos e um mês de prisão. Lula cumpre pena na sede da Polícia Federal, em Curitiba, desde abril deste ano.

 

Adaptado da fonte UOL

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter