Português   English   Español

‘Haddad é verdadeira ameaça à democracia’, alerta Bolsonaro

'Haddad é verdadeira ameaça à democracia' alerta Bolsonaro

O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) fez uma declaração em transmissão ao vivo no domingo (14) comparando seus últimos dias à rotina do juiz Sergio Moro.

Segundo o candidato do PSL, Sergio Moro “não tem mais liberdade, praticamente situação como a minha”.

A analogia se deve ao fato de que, diante do enfrentamento a criminosos importantes, Moro “tem menos liberdade que um cara que está com tornozeleira aí”, não podendo passear com a família por ser ameaçado de morte. Depois da facada, Jair Bolsonaro diz estar se sentindo com restrições muito parecidas.

Como noticiado pela Renova Mídia nesta segunda-feira (15), a equipe de Bolsonaro teme um novo atentado contra a vida do deputado federal.

No mesmo vídeo, Bolsonaro elogiou o comportamento de juízes da Lava Jato como o próprio Moro e Marcelo Bretas, da 7ª vara federal do Rio de Janeiro.

Entre outras coisas, Bolsonaro afirmou que o oponente, o petista Fernando Haddad, é a verdadeira ameaça à democracia, ao demonstrar sua afinidade por temas como marxismo e União Soviética.

Também rebateu a acusação de ter votado contra o Estatuto da Pessoa com Deficiência, alegando que o que efetivamente fez foi votar contra um ponto do projeto que concedia privilégios às pessoas LGBT.

 

Adaptado da fonte Boletim da Liberdade

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Deixe seu comentário

Veja também...