Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Haddad quer firmar acordo com Ciro Gomes e Geraldo Alckmin

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Acordo Haddad-Ciro-Alckmin contra Bolsonaro

O candidato do PT ao Planalto, Fernando Haddad, admitiu a aliados que, para chegar ao segundo turno, precisará fazer uma guinada ao centro, segundo informações da jornalista Andreia Sadi.

O presidenciável petista quer firmar um acordo com os candidatos Ciro Gomes (PDT) e Geraldo Alckmin (PSDB). Fernando Haddad propõe que quem for para o segundo turno apoie o outro, para evitar a vitória de Jair Bolsonaro (PSL).

O candidato do PT está adotando o discurso de que escolher o capitão do exército é “eleger a barbárie”.

Ele também busca apoio de empresários. Haddad pediu, por exemplo, ao ex-ministro Nelson Barbosa que faça a interlocução com empresários para tentar convencê-los de que eleger Bolsonaro não garantirá melhoras na economia.

Haddad também foi aconselhado a não falar mais sobre o eventual indulto ao presidiário Lula. O PT, no entanto, fala abertamente sobre o indulto ao ex-presidente se Haddad for eleito.

Adaptado da fonte G1

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email