- PUBLICIDADE -

Hamilton está sendo pressionado a boicotar GP da Arábia Saudita

Foto: Divulgação

Britânico recebe pressão para se manifestar contra as violações cometidas peos sauditas.

- PUBLICIDADE -

O piloto britânico Lewis Hamilton está sendo pressionado por ONGs para boicotar o GP da Arábia Saudita de Fórmula 1.

O evento automobilístico está marcado para 5 de dezembro. 

Em uma carta, 50 entidades ligadas aos direitos humanos pediram que, se não puder faltar, o britânico se manifeste contra as violações cometidas pelo reino saudita.

Na última semana, um relatório da inteligência dos Estados Unidos atribuiu ao príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Muhammad bin Salman, a responsabilidade pela morte do jornalista Jamal Khashoggi.

Khashoggi foi assassinado dentro da embaixada da Arábia Saudita em Ancara, na Turquia.

“Avaliamos que o príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Muhammad bin Salman, aprovou uma operação em Istambul, na Turquia, para capturar ou matar o jornalista saudita Jamal Khashoggi”, diz o texto, como noticiou a RenovaMídia.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -