Hashtag contra o STF viraliza após decisão contra a Lava Jato

Idiomas:

Português   English   Español
Hashtag contra o STF viraliza após decisão contra a Lava Jato
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

A Operação Lava Jato sofreu uma derrota histórica nesta quinta-feira (14) pelas mãos dos ministros do STF.


Por 6 votos a 5, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que crimes como corrupção e lavagem de dinheiro, quando investigados junto com caixa dois, devem ser processados na Justiça Eleitoral.

Os procuradores da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba afirmam que a Justiça Eleitoral não é estruturada para julgar crimes complexos e que nela pode haver impunidade.

O ministros Marco Aurélio Mello, Alexandre de Moraes, Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes, Celso de Mello e Dias Toffoli, não entenderam da mesma forma, como você viu na RENOVA.

Siga a RENOVA no TWITTER e acompanhe todas as notícias em tempo real.

A resposta das redes sociais do Brasil foi instantânea. A hashtag #UmCaboUmSoldado já é um dos assuntos mais comentados do Twitter brasileiro.

A expressão ficou famosa após um vídeo do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) viralizar durante o período eleitoral de 2018.

Em uma palestra para estudantes de um curso preparatório para concurso da Polícia Federal, Eduardo declarou:

“O pessoal até brinca lá. Se você quiser fechar o STF, sabe o que você faz? Não manda nem um jipe. Manda um soldado e um cabo. Não é desmerecendo o soldado e o cabo, não. O que é o STF, cara? Tipo, tira o poder da caneta de um ministro do STF, o que ele é na rua? Se você prender um ministro do STF, você acha que vai ter uma manifestação popular a favor dos ministros?”

Confira algumas mensagens de internautas com a tag #UmCaboUmSoldado:

Newsletter RENOVA

Receba gratuitamente as principais notícias do Brasil e do Mundo por email.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...