Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Heleno critica imprensa por rotular atos anti-Bolsonaro de pró-democracia

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Heleno imprensa atos anti-Bolsonaro pró-democracia
Imagem: Divulgação/PMESP
COMPARTILHE

“Quem essa parte da imprensa quer enganar? Quem quer favorecer?”, indagou Heleno.

O ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, indagou, neste domingo (7), se os profissionais dos principais veículos de comunicação da imprensa brasileira continuarão rotulando os atos contra o presidente da República, Jair Bolsonaro, como “democráticos”.

Em mensagem¹ no Twitter, Heleno destacou os episódios de baderna e vandalismo no ato dos autodenominados “antifascistas” na capital de São Paulo, e levantou questionamentos:

“Será que, após os acontecimentos de hoje, em SP, muitos jornalistas vão continuar a defender, sem fundamento, que os atos de vândalos, blackblocs, MST, skinheads, etc, são democráticos? A PMSP teve comportamento exemplar. Quem essa parte da imprensa quer enganar? Quem quer favorecer?”

De acordo com informações² da Polícia Militar de São Paulo, vários vândalos foram presos com coquetéis molotov e armas brancas ao longo do domingo. Uma agência do Banco Itaú, localizada na Rua Teodoro Sampaio, também foi alvo de vandalismo³.

Ainda no Twitter, o general da reserva Augusto Heleno completou:

“Aos que nada sabem sobre doutrina terrorista de controle de massas. Manifestações são sempre iguais: CONDUZIDAS, longo tempo, de forma pacífica, para que a imprensa noticie isso. EM UM PONTO PRÉ-RECONHECIDO, “TOCAR O TERROR”, para surpresa  dos incautos (?) jornalistas.”

Referências: [1][2][3]

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.