PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Heleno defende ação contra associação indígena por crime de lesa-pátria

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

“A minha opinião é que nós temos que ir para cima, sim”, disse o general Heleno.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

O ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, defendeu, nesta terça-feira (22), que o governo Jair Bolsonaro entre com uma ação contra a Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib) por crime de lesa-pátria.

Heleno acusou a Apib de aliar-se a instituições estrangeiras para prejudicar a imagem do Brasil.

Em entrevista à Rádio Bandeirantes, nesta terça-feira (22), questionado se o governo pretendia representar contra a Apib, Heleno respondeu:

“Olha, vou dar aqui a minha opinião. Eu acho que nós temos que fazer isso. A minha opinião é que nós temos que ir para cima, sim. Estamos levantando dados sobre essa articulação dos povos indígenas brasileiros. Até porque acho que eles não têm CNPJ.”

O general acrescentou:

“Então nós estamos buscando realmente qual é a missão deles, quais são seus verdadeiros objetivos para, se for o caso, movermos uma ação contra esse trabalho nefasto que eles fazem.”

O ministro disse ter “certeza” que o advogado-geral da União, José Levi Mello, “está de olho nisso aí”, referindo-se ao colega como “muito competente” e “extremamente sensato”.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.