Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Heleno diz que França deixou ‘rastro de destruição’ em colônias

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Heleno diz que França deixou 'rastro de destruição' em colônias

O general Heleno disse a França não pode dar lição a nenhum país na questão ambiental e acusou Macron de “molecagem”.

O ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, apontou a hipocrisia da França ao criticar a política ambiental do Brasil.

O general Heleno afirmou que o país europeu não pode dar lição a nenhum outro nesse aspecto, porque, “por onde passaram, deixaram rastro de destruição”.

O ministro ainda chamou a postura do presidente da França, Emmanuel Macron, de “molecagem”:

Durante reunião do presidente da República, Jair Bolsonaro, nesta segunda-feira (27), com ministros e governadores da Amazônia Legal no Palácio do Planalto, Heleno declarou:

“Essa posição colonialista do Macron, além de ser lamentável, ela tem um passado triste. 90% das ex-colônias francesas vivem em situação lamentável.”

E acrescentou:

“Então, a França não pode dar lição a ninguém nesse aspecto. Eu vivi o problema no Haiti. O Haiti é colônia francesa, uma delas. Tem um monte na Europa [de países]. Onde eles passaram, deixaram um rastro de destruição, de confusão, de miséria, então, eles não podem dar esse tipo de conselho a ninguém. Isso é molecagem.”

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email