Heleno volta a defender soberania do Brasil na Amazônia

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

General destacou que o “bom brasileiro não se une a organizações estrangeiras”.

O ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, criticou, neste domingo (18), os brasileiros que ajudam organizações internacionais no ataque à soberania do Brasil na Amazônia.

Em uma série de mensagens no Twitter, Heleno discorreu sobre o significado de ser um “bom brasileiro”:

“Para mim, bom brasileiro se une a seus concidadãos, em busca de soluções viáveis para os problemas nacionais. Bom brasileiro analisa os desafios a enfrentar e se dedica a construir pontes para o futuro.

Bom brasileiro não se une a organizações estrangeiras, com interesses explicitamente contrários aos nossos, e cujos objetivos são intervir em assuntos internos do Brasil para tirar enormes proveitos econômicos e nos desqualificar internacionalmente.”

O general acrescentou:

“Bom brasileiro é o que defende a soberania nacional e acredita que a Amazônia Brasileira nos pertence e cabe a nós explorá-la, de forma sustentável, para o bem da nossa gente.”

E completou:

“Bons brasileiros discordam, discutem, ponderam, divergem, mas têm orgulho de saber que, durante séculos, gerações que nos antecederam preservaram nosso território, nossa cultura, nossas incalculáveis riquezas e nossa liberdade. Deu pra entender ou precisa desenhar?”

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.