- PUBLICIDADE -

Hemisfério Sul testemunhará chuva de meteoros inédita

Hemisfério Sul testemunhará chuva de meteoros inédita
Foto: Reprodução/Sébastien Joly
- PUBLICIDADE -

A nova chuva de meteoros recebe o nome do cometa 15P/Finlay.

Uma chuva de meteoros inédita deve ser vista do Hemisfério Sul da Terra ainda este ano.

O responsável pelo fenômeno é o cometa 15/P Finlay.

Com início no final de setembro, o evento deve durar cerca de 10 dias, atingindo o pico em 7 de outubro.

De acordo com o site Space, a maior rede de observação com capacidade de detectar a chuva de meteoros é a Rede Brasileira de Observação de Meteoros (Bramon).

O melhor lugar para observar a chuva de meteoros é na Estação Astronômica Rio Grande (EARG), localizada na Terra do Fogo, arquipélago no extremo sul da Argentina

Por ser a ponta do Cone Sul, as ilhas estão em uma latitude privilegiada para ver o fenômeno.

De acordo com o pesquisador Diego Janches, a chuva vai emanar da constelação de Ara, localizada no hemisfério sul celestial. 

O brilho exato, que é o local de onde os meteoros parecem se originar, no entanto, não está claro, por ser um evento novo. 

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -