Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Hezbollah apoia iniciativa da França no Líbano

Brasil estuda classificar Hezbollah como organização terrorista
COMPARTILHE

"Sempre elogiamos a iniciativa francesa e estamos prontos para o diálogo e a cooperação”, diz o Hezbollah.

Hassan Nasrallah, líder do grupo terrorista Hezbollah, afirmou, nesta terça-feira (29), que apoia a iniciativa da França para a formação de um governo reformista no Líbano.

Em um discurso televisionado, Nasrallah pediu uma “revisão” do tom e da maneira de proceder:

“Sempre elogiamos a iniciativa francesa e estamos prontos para o diálogo e a cooperação […] com os franceses e com todos os amigos do Líbano, mas da forma como as coisas foram feitas no mês passado, a intimidação que houve, isso não deve continuar, ou não chegaremos a um resultado.”

E, segundo o portal UOL, completou:

“Esperamos que esta iniciativa tenha êxito. Peço que se reconsidere o método, o trabalho e a linguagem usada.”

Os partidos políticos libaneses, incluindo o do Hezbollah, prometeram ao presidente francês Emmanuel Macron, que visitou Beirute no início de setembro, formar um gabinete de ministros “competentes” e “independentes” dentro de duas semanas, como condição para destravar a ajuda internacional.

No entanto, no último sábado, como noticiou a RenovaMídia, o primeiro-ministro Mustapha Adib, nomeado em 31 de agosto, jogou a toalha.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários