Holanda e Austrália responsabilizam a Rússia por queda do voo MH17

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Holanda e Austrália afirmam que a Rússia é “responsável” pela tragédia do voo MH17 da Malaysia Airlines, derrubado por um míssil quando sobrevoava a Ucrânia em 2014.


A afirmação foi feita nesta sexta-feira (25) pelo governo da Holanda, uma declaração que pode resultar em ações judiciais.

Os dois países, dos quais procediam grande parte das 298 vítimas, “consideram a Rússia responsável por sua participação na queda” do avião comercial da companhia Malaysia Airlines, afirmou o governo holandês em um comunicado.

De acordo com informações do BOL:

A declaração foi divulgada um dia depois da equipe internacional que investiga a tragédia do voo MH17 da Malaysia Airlines ter revelado pela primeira vez que o míssil utilizado para derrubar o avião foi transportado por uma brigada militar russa.

Moscou, no entanto, negou rapidamente a acusação e afirmou que nenhum projétil destas características atravessou a fronteira entre Rússia e Ucrânia.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.